Buscar
  • Clínica Porto

Como a raiva pode afetar e o que ela fazer com o seu corpo?


Você já ouviu alguém dizer que sentir muita raiva pode prejudicar sua saúde, mas achou a afirmação exagerada? Acredite, isso é verdade! A raiva pode causar danos graves ao nosso corpo.


É claro que sentir raiva de vez em quando é normal, mas o perigo está no excesso e na forma contínua, quando esse sentimento fica guardado dentro da pessoa por muito tempo. Algumas pesquisas até confirmaram que a raiva pode ser tão prejudicial à saúde quanto a obesidade e o tabaco.

Como a raiva pode prejudicar a saúde?

Quando guardamos esse sentimento, o nosso corpo entra em um estado de estresse forte que altera a química do organismo, podendo fazer com que a pressão sanguínea aumente, o coração bata de forma rápida e irregular, sintamos tonturas, o corpo tenha tremores e o sono seja prejudicado.


Além de todos esses problemas, a raiva em excesso também pode ocasionar perda de memória, fadiga excessiva e até danos ao sistema digestivo.


Esse sentimento também pode fazer com que você seja uma pessoa difícil e desagradável, prejudicando as relações familiares, sociais e profissionais. Afinal, quem quer ficar perto de alguém que irradia energia negativa o tempo todo?

Como tratar a raiva excessiva?

Se você se identificou com os sintomas e características que apontamos ou conhece alguém nessa situação, é importante saber como tratar o problema para que ele não piore e acarrete ainda mais transtornos. Veja abaixo três dicas de como evitar que a raiva tome conta de seu corpo:

1- Não se reprima

Não adianta fingir que este tipo de sentimento não está ali e guardá-lo dentro. Isso só piora as coisas, fazendo com que ele vá se acumulando. Então, se estiver sentindo raiva, ponha para fora, desabafe, fale com alguém que possa te ajudar - um terapeuta é uma ótima opção. Realizar exercícios físicos e ter hobbies também podem ajudar a aliviar o problema.

2- Conte até 10

Essa raiva sentida é realmente proporcional ao que aconteceu? Vale a pena passar mal por isso? Quando o sentimento negativo começar a tomar conta de sua cabeça, pare e conte até dez enquanto respira fundo. Isso pode ajudar a avaliar melhor a situação.

3- Foque no lado bom

Coisas boas e ruins sempre acontecem, mas algumas pessoas têm o hábito de só focar no lado negativo. Por isso, quando começar a sentir raiva por um acontecimento desagradável, pense em outro bom na sua vida ou tente ver um lado positivo no que ocorreu, nem que seja para que você aprenda mais com a experiência.

Se você sente que o seu corpo está cedendo à raiva e sofrendo com as consequências dela, o ideal é procurar um médico para que ele lhe oriente sobre como tratar os sintomas e melhorar sua qualidade de vida. Um cardiologista é a melhor opção para quem já tem pressão alta, arritmia e/ou outros problemas do coração.

753 visualizações0 comentário